Você está aqui
Home > Notícias > Economistas discutem impactos econômicos da implantação do metrô em Curitiba

Economistas discutem impactos econômicos da implantação do metrô em Curitiba

Para contribuir de forma técnica na formatação do modelo a ser seguido pelo metrô de Curitiba, o Conselho Regional de Economia do Paraná (CORECONPR) promove o seminário “O Programa de Mobilidade Urbana de Curitiba e seus Impactos Econômicos“, que será apresentado pelo Secretário Municipal de Planejamento e Gestão, economista Fábio Dória Scatolin e equipe da Secretaria, contará com a presença da Secretária Municipal de Finanças, economista Eleonora Bonato Fruet, além da participação especial dos palestrantes, o economista Tomás Bruginski de Paula, da Companhia Paulista de Parcerias (CPP) e o economista e professor do departamento de economia da Universidade Federal do Paraná, Alexandre Porsse. O evento que será realizado no dia 16 de agosto, sexta-feira, às 18 horas, na sede do Conselho (Rua Professora  Rosa Saporski, 989 – Mercês).

O seminário irá reunir economistas na apresentação do modelo de metrô proposto pela Secretaria Municipal de Planejamento e Gestão da Prefeitura Municipal de Curitiba, para que ao final do seminário possam avaliar e contribuir com os seus conhecimentos em soluções econômicas para a sua implantação.

Tomás Bruginski de Paula irá comentar as experiências vivenciadas com o modelo de PPP adotado no metrô de São Paulo, que atualmente é a referência neste transporte. Já o professor da UFPR irá expor uma análise sobre os impactos econômicos com a implantação do metrô, já que  representará um dos maiores investimentos realizados até hoje na cidade de Curitiba.

Segundo o presidente do CORECONPR, o economista Carlos Alberto  Gandolfo, este será um momento oportuno para que a classe dos economistas esteja reunida e possa contribuir tecnicamente na discussão sobre a  implantação de um meio de transporte tão importante para a população desta cidade. “Os custos envolvidos para a implantação deste projeto são elevados, por isso merece uma análise criteriosa. Também, é fundamental a participação da sociedade nesta discussão, bem como, a opinião dos economistas na análise dos impactos econômicos e sociais, visando o melhor modelo a ser adotado pela cidade”, comenta.

Seminário: “O Programa de Mobilidade Urbana de Curitiba e seus Impactos Econômicos”

Promoção: CORECONPR

Data: 16 de agosto –  às 18h

Local: CORECONPR (Rua Professora Rosa Saporski, 989 – Mercês – Curitiba –

Paraná)

Programação

18h – Apresentação do Programa de Mobilidade Urbana de Curitiba e o projeto Metrô de Curitiba – Secretaria Municipal de Planejamento e Gestão da Prefeitura Municipal de Curitiba

18h30 – Análise dos Impactos econômicos com a implantação do Metrô –

Alexandre Porsse (professor do Departamento de Economia da UFPR)

19h30 – Modelo de Parceria Pública-Privada (PPP) implantada no Metrô de São

Paulo e o relato das experiências.

20h30 – Debates

21h – Encerramento

As vagas são limitadas!

Informações e inscrições: [email protected]

Top