Você está aqui
Home > Notícias > Curso de Economia da UEM celebra 60 anos com uma programação especial de palestras

Curso de Economia da UEM celebra 60 anos com uma programação especial de palestras

O curso de Ciências Econômicas da Universidade Estadual de Maringá (UEM), o mais antigo da instituição, completa neste ano, 60 anos de atividade. Para comemorar essa importante data, a Comissão Organizadora do curso, presidida pelo professor Jaime Graciano Trintin, que também é o coordenador do Departamento de Economia (DCO) da UEM, está organizando uma programação especial no Jubileu de Diamante. As comemorações terão início na próxima terça-feira (20), com a Solenidade de Abertura, a partir das 14h, com transmissão ao vivo pelo canal do Youtube da instituição, seguida da aula magna, ministrada direto da França, pelo economista Joaquim José Martins Guilhoto, da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). Representando o Conselho Regional de Economia do Paraná (CoreconPR) estará participando do evento, a economista Maria de Fátima Miranda.

A comemoração recebe o tema “O Semeador”, que segundo Trintin foi inspirado justamente na parábola do Semeador “pois já são 60 anos de milhares de sementes lançadas”. Ele comenta ainda, que ter o curso de Ciências Econômicas no interior, no ano em que foi autorizado, é um grande marco para a história da cidade. “Foi uma grande conquista para Maringá ter um curso de graduação tão cedo, somente 14 anos após a fundação oficial da cidade. Já mostrava que a educação e a ciência seriam alguns dos principais alicerces sobre os quais a cidade seria edificada”.

As comemorações previstas pela Comissão Organizadora, serão inteiramente gratuitas e voltados para quem tiver interesse em participar. Outros eventos estão previstos para acontecer ao longo de 2021, até março de 2022.

Aula magna on-line

Na terça-feira (20), o economista brasileiro Guilhoto dará a aula magna online, abordando o assunto “Modelos insumo-produto: cadeias globais de valor”. Com doutorado e pós-doutorado na área econômica, o convidado já foi docente da Universidade de São Paulo (USP), e professor visitante no Instituto de Tecnologia de Massachusetts (EUA), na Universidade de Illinois (EUA), na Universidade de Lisboa (Portugal) e na Universidade Paris Dauphine (França). Ele possui mais de 300 trabalhos publicados nacional e internacionalmente em sua área de pesquisa.

Na aula, Guilhoto abordará a base de dados Inter-Country Input-Output da OCDE e os indicadores de comércio. Também fará análise das mudanças no sistema de produção internacional, dos impactos das cadeias globais de valor sobre o emprego e o meio ambiente, bem como trará informações sobre emissões de dióxido de carbono (CO2) incorporadas na produção, no consumo doméstico e no comércio internacional.

História do curso

Para receber os primeiros alunos em 1961, o curso de graduação em Ciências Econômicas da UEM passou por trâmites burocráticos: foi autorizado a funcionar em 1960 e, antes disso, criado junto à Faculdade Estadual de Ciências Econômicas de Maringá (Fecem) por meio da Lei Estadual do Paraná 4.070/59. A Fecem foi reconhecida em 1967 pelo Decreto Federal 61.584.

A UEM oferece esta graduação nos períodos integral e noturno, tendo atualmente 521 estudantes matriculados, 36 professores e três técnicos administrativos. Por meio do DCO, que é uma espécie de “substituto” da extinta Fecem, em 1993 foi criado o mestrado e em 2007 o doutorado, que hoje formam o Programa de Pós-Graduação em Ciências Econômicas (PCE-UEM), com 41 doutores e 272 mestres já formados.

Nos dias atuais, o bacharelado em Ciências Econômicas da UEM teve seu mais recente reconhecimento de curso renovado de 2017 a 2022 pelo Decreto Estadual 7.199 de 22 de junho de 2017.

Desde a primeira formatura em 1964 até este ano, foram formados 2.426 cientistas econômicos pela UEM, o que faz a entidade fazer história dentro da profissão de Ciências Econômicas.

Palestras previstas:

Maio de 2021 – Tema: Economia da Saúde. Palestrante: Pedro Pita Barros (professor da Universidade Nova de Lisboa, em Portugal).

Agosto de 2021 – Tema: Organismos Internacionais de Financiamento. Palestrante: Otaviano Canuto dos Santos Filho (professor da USP).

Agosto de 2021 – Tema: Crescimento, Desenvolvimento Econômico e Inovação. Palestrante: Edinaldo Tebaldi (egresso de graduação pela UEM e professor da Universidade Bryant, nos EUA).

Setembro de 2021

Tema: Economia e Inteligência Artificial. Palestrante: Joilson Giorno (egresso de graduação pela UEM e professor da UEM em graduação e pós-graduação).

Outubro de 2021

Tema: Harmonização Tributária do ICMS e Impactos na Economia Paranaense. Palestrante: Alexandre Alves Porsse (egresso de graduação pela UEM e professor da Universidade Federal do Paraná/UFPR).

Novembro de 2021 – Tema: Política Econômica e Ciclos. Palestrante: Francisco José Alves Coelho Veiga (professor da Universidade do Minho, em Portugal).

Março de 2022 – Tema: Estratégias para o Crescimento Econômico. Palestrante: Albert Fishlow (professor emérito da Universidade de Colúmbia e da Universidade da Califórnia em Berkeley, ambas nos EUA).

SERVIÇO:

SOLENIDADE DOS 60 ANOS DO CURSO DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS DA UEM DA AULA MAGNA ON-LINE

Data: 20/04/21

Hora:14h

Para participar basta fazer inscrição no link de acesso abaixo:

https://www.youtube.com/watch?v=6b3Uzrbjgs8

Deixe uma resposta

Top