Você está aqui
Home > Notícias > Estudantes da UEPG conquistam o 24º Prêmio Paraná de Economia

Estudantes da UEPG conquistam o 24º Prêmio Paraná de Economia

O Conselho Regional de Economia do Paraná promoveu na última sexta-feira (29) a entrega do 24º Prêmio Paraná de Economia, em Cornélio Procópio, no auditório da Universidade do Norte do Paraná – UENP. As vencedoras foram as estudantes da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), Patrícia Skolimoski (categoria Economia Pura e Aplicada) e Eduarda Machoski (categoria economia paranaense). Após a cerimônia de entrega, o economista Luciano D’Agostini ministrou a palestra com o tema ”A Semiestagnação da Economia Brasileira”.

A bacharel em economia, Patrícia Skolimoski venceu na categoria Economia Pura e Aplicada com a monografia de conclusão de curso “Desenvolvimento Industrial Brasileiro: 1985 – 2011”, orientada pela professora Augusta Pelinski Raiher. Alcançou o segundo lugar, nesta categoria, a bacharel em economia pela Unicentro/Guarapuava, Daiane Amanda Hoffmann, com a monografia “Arrecadação de Recursos Governamentais para o Município de Pinhão e o Impacto Socioeconômico: Análise sobre a Comunidade de Pocinhos entre os Anos de 2010 e 2013”, sobre a orientação do professor Simão Ternoski. Na terceira colocação ficou o bacharel em economia pela UFFS / Laranjeiras do Sul, Yogo Kubiak Canquerino, com a monografia “Estrutura Produtiva do Território da Cantuquiriguaçu com Abordagem Insumo-Produto para o Ano de 2010, Analisados Sob a Ótica de Teorias de Crescimento Desigual”, que recebeu orientação do professor Paulo Alexandre Nunes.

Eduarda Machoski, bacharel em economia, conquistou o 1º lugar na categoria Economia Paranaense, com a monografia “Crescimento Econômico, Exportações e Tecnologia: o Caso Paranaense”, orientada pela professora Augusta Pelinski Raiher. Com o tema “Análise do Diferencial de Renda por Sexo no Mercado de Trabalho Paranaense: O que Mudou nos Últimos 10 Anos?”, a bacharel em economia pela Unespar/Campo Mourão, Franciele Aparecida Oliveira, alcançou o segundo lugar, sendo orientada pela professora Janete Leige Lopes. E a terceira posição ficou com o bacharel em economia pela Unioeste/Toledo, Jonas da Silva Henrique, com a monografia orientada pelo professor Jefferson Andronio Staduto, “Distribuição Espacial das Atividades Criativas nos Municípios do Paraná”.

A Semiestagnação da Economia Brasileira

Doutor em desenvolvimento econômico pela UFPR, o economista Luciano D’Agostini fez uma explanação sobre a queda no crescimento da economia brasileira, alertou para o aumento da taxa de inflação e o risco da “Bolha Imobiliária”.

Segundo ele, a economia brasileira vive o processo de semiestagnação, ocasionada pela orientação econômica ao consumo, baixa participação no investimento e pelo país ter pouca abertura para o comércio internacional. Fatores que influenciam na queda acentuada do PIB.

Outro fator apontado pelo economista que dificulta o crescimento do país é a baixa escolaridade. A produtividade do trabalho em 10 anos, na média cresceu 1,53% ao ano e a escolaridade 1,63% ao ano.

DSCN6976

DSCN6972

Top