Você está aqui
Home > Notícias > Perícia Econômica Financeira, Um ano de realizações.

Perícia Econômica Financeira, Um ano de realizações.

Criado há mais de 10 anos o núcleo de peritos do CORECONPR sempre contou com o trabalho voluntário de seus conselheiros e com a troca de experiências vivenciadas no dia a dia do trabalho do perito. As dificuldades encontradas nesta profissão que na maioria dos casos é confundida pela sociedade e atribuem esse trabalho às mais diversas categorias: advogados, contadores, administradores e tantas outras que buscam seu espaço, tolhendo do economista uma de suas principais obrigações.

No intuito de aproximar o economista, uma das atribuições dos núcleos profissionais do Conselho, é a de qualificar, orientar e mostrar o mercado de trabalho seja o bacharel recém-formado, o economista na busca de oportunidades ou ainda aquele profissional que com o tempo já está em ritmo de aposentadoria, mas ainda pode (e deve) contribuir com a sociedade na busca de novos desafios.

Em 2017 o núcleo ficou com a coordenação do economista Marcos Kruse, onde realizou seis encontros e cinco mini-cursos: (perícias cíveis, perícia fazendária, financiamento imobiliário, empréstimo para massa falida, mecânica do cálculo trabalhista) onde em breve exposição buscou orientar e mostrar a diversidade de trabalhos envolvidos na perícia. Além de bate papo com quem já tem a perícia como principal atividade, contamos com a experiência do economista Sergio Guimarães Hardy, falando sobre o mercado de trabalho, com o economista Silvio Persona Filho, expondo cenários do cotidiano e do economista Luiz Antonik, na avaliação de empresas.

Fora dos muros do Conselho, outros membros do núcleo realizaram cursos, podemos citar Tiago Jazynski, Vanya Marcon, Rogério Heylmann e Alcides Mario que orgulhosamente criado dentro do núcleo de peritos, efetuou sua primeira experiência no intuito de ensinar.

O Curso de Perícia coordenado pelo economista Sergio Guimarães Hardy foi oferecido no CORECON DF em Brasília e com sucesso de público e elogios aos professores, e com propostas de ser ofertado em vários Estados já a partir do ano que vem.

Parabenizamos a todos os envolvidos neste projeto, a todos que um dia participaram, e de menor que seja a contribuição, pois sem eles não chegaríamos até aqui. O CORECONPR dentro de suas várias atribuições tenta fazer o melhor possível para a profissão, afinal aqui é a verdadeira casa do Economista.

Economista Maria de Fatima Miranda

Presidente

[email protected]

Deixe uma resposta

Top