Você está aqui
Home > Prêmio Paraná > Corecon-PR e BRDE entregam Prêmios em Ponta Grossa

Corecon-PR e BRDE entregam Prêmios em Ponta Grossa

O 7.º Prêmio BRDE de Desenvolvimento e o 22.º Prêmio Paraná de Economia foram entregues no auditório da UEPG, na última sexta-feira (31/08).

 

 

Com objetivo de estimular e valorizar a produção científica ligada à economia paranaense pura e aplicada, além de incentivar a pesquisa e a investigação econômica pelos profissionais da área, o Conselho Regional de Economia do Paraná (CORECON–PR) e o Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) realizaram na sexta-feira, dia 31 de agosto, o 7.º Prêmio BRDE de Desenvolvimento e o 22.º Prêmio Paraná de Economia.

A premiação foi realizada no auditório da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), e após o anúncio dos vencedores, o público presente acompanhou a palestra com o economista e professor da Universidade Positivo e da graduação e MBA da Fae Business School, Lucas Dezordi, com o tema “O crescimento econômico sustentável do Brasil – uma análise da oferta e demanda agregada”.

O primeiro lugar no Prêmio BRDE de Desenvolvimento, que propôs o desafio aos concorrentes a inscrever um artigo sobre a análise do papel do BRDE no desenvolvimento do Paraná, com foco na atuação do banco na indução do crescimento da economia, foi conquistado por Lucir Reinaldo Alves, com o artigo vencedor “O BRDE e o Financiamento do Desenvolvimento do Estado do Paraná”. Na segunda colocação ficou Josélia Elvira Teixeira e Elcio Jean Wolf, que inscreveram o artigo “Uma abordagem sobre presença do BRDE como indutor da industrialização do Paraná no período de 1964 a 1980” e a terceira colocação foi da dupla Jandir Ferrera de Lima e Augusta Pelinski Raiher, com o artigo “O BRDE e o crescimento e Desenvolvimento Econômico Regional Paranaense: Evidências Empíricas”. Os três artigos premiados dividiram o valor de R$ 10 mil.

O Prêmio Paraná de Economia, que tem a finalidade de valorizar a produção científica, e proporciona a reflexão de alto nível sobre temas ligados à realidade da economia paranaense e à economia pura e aplicada, teve como grande vencedor na categoria “Economia Paranaense”, Djeison Giovan Hassemer com o tema “Evolução do emprego nos municípios canavieiros frente à economia paranaense (1995-2012), da Unioeste /Toledo. Já na categoria “Economia Pura e Aplicado, o primeiro lugar ficou com Tiago Jazynski, com o tema “Uma avaliação do desempenho de grandes e pequenos fundos de investimentos em ações”. No Prêmio Paraná, foram premiados os cinco primeiros classificados em cada categoria e o prêmio de R$ 9 mil foi dividido entre os três primeiro colocados.

Durante a solenidade, estiveram entre os presentes, o gerente de Planejamento da agência paranaense da instituição financeira do BRDE, Thiago Tosatto e o presidente do Corecon-PR, Eduardo Moreira Garcia, que também é analista de projetos do BRDE-PR. “É um momento especial, de reconhecimento dos trabalhos feitos por acadêmicos e professores com o intuito de produzir conhecimento através da pesquisa. Ganha o Paraná, que pode utilizar os dados e informações produzidas para planejar sua economia e colher bons resultados”, disse Tosatto.

“A importância dos prêmios entregues têm reflexos em todo o Brasil. O conteúdo gerado têm impacto, é de qualidade e serve para balizar ações que serão realizadas no âmbito econômico. Para exemplificar, basta citar que a monografia aqui premiada em 2011 e escrita pelo economista George Felipe Rezendes Tada, formado pela Universidade Estadual de Maringá (UEM), também conquistou o Prêmio Brasil de Economia”, lembrou Garcia.

PRÊMIO BRDE – PREMIADOS

1º – Lucir Reinaldo Alves – “O Brde E O Financiamento Do Desenvolvimento Do Estado Do Paraná”

2º – Josélia Elvira Teixeira e Elcio Jean Wolf – “Uma Abordagem Sobre Presença Do Brde Como Indutor Da Industrialização Do Paraná No Período De 1964 A 1980”

3º – Jandir Ferrera de Lima e Augusta Pelinski Raiher – “O BRDE E O Crescimento E Desenvolvimento Econômico Regional Paranaense: Evidências Empíricas”

PRÊMIO PARANÁ DE ECONOMIA

CATEGORIA ECONOMIA PARANAENSE:

1º – Djeison Giovan Hassemer – “Evolução Do Emprego nos Municípios Canavieiros Frente à Economia Paranaense (1995 – 2010)” – Orientador : Carlos Alberto Gonçalves Junior / UNIOESTE/TOLEDO

2º – Gisele Esser – “Os Sentimentos Econômicos e a Tomada de Decisões Empresariais: O Caso Dos Empresários de Palotina (PR)” – Orientador: Jandir Ferrera de Lima / UNIOESTE/TOLEDO

3º – Fabiana Macedo Biondaro – “Um Comparativo dos Indicadores Econômicos e Sociais para Medir a Dinâmica do Desenvolvimento dos Municípios de Londrina (PR) e Joinville (SC) No Período de 2000 a 2010” – Orientador: Paulo Roberto Santana Borges / FECILCAM

4º – Marcia Terezinha Michelon – “Crescimento Econômico e Demográfico no Estado do Paraná: Uma Análise de 1980 a 2010”. Orientador: Ricardo Rippel / UNIOESTE/TOLEDO

5º – Mariane Maria Bortolotto – “Análise da Evolução do Setor de Autopeças no Estado do Paraná” – Orientador: Lucir Reinaldo Alves / UNIOESTE/TOLEDO

CATEGORIA ECONOMIA PURA E APLICADA:

1º – Tiago Jazynski – “Uma Avaliação do Desempenho de Grandes e Pequenos Fundos de Investimentos em Ações” – Orientador: Emerson Martins Hilgemberg / UEPG

2º – Samuel Costa Peres – “Inserção Externa e Desenvolvimento Econômico: Um Estudo das Experiências dos Bric no Período Pós-Bretton Woods”. Orientadora: Eliane Cristina de Araujo Sbardellati/UEM.

3º – Mateus Ramalho Ribeiro da Fonseca – “Taxa De Sacrifício Do Controle Inflacionário No Brasil: Análise Teórica E Evidências Empíricas”. Orientadora : Eliane Cristina de Araujo Sbardellati / UEM

4º – Cassiano Ricardo Dalberto – “Uma Análise das Economias de Aglomeração e seus Efeitos Sobre os Salários Industriais Brasileiros”. Orientador: Jefferson Andronio Ramundo Staduto /UNIOESTE/TOLEDO

5º – Francielly Aparecida Costa – “Trabalhador Rural X Pobreza: Existe Uma Correlação? Uma Análise Estatística e Econométrica para o Brasil” – Orientadora: Janete Leige Lopes / FECILCAM

Top